Março Amarelo: campanha alerta sobre endometriose. Saiba identificar a doença

Muitas mulheres têm endometriose e não sabem. Por julgarem que cólicas menstruais fortes e dor na relação sexual são ocorrências normais, acabam não buscando ajuda médica. A falta de conhecimento dos sintomas atrasa o diagnóstico que, muitas vezes, leva anos.

“Aumentar a conscientização sobre a endometriose é chave para que a detecção não tarde em acontecer”, afirma a Dra. Ana Maria Morato Gagliardi, ginecologista da Scope. “A consequência da demora é o agravamento da doença, que compromete a qualidade de vida e pode até mesmo levar à infertilidade”, completa.

Neste mês, a campanha Março Amarelo visa promover a conscientização sobre o assunto e, assim, alertar as mulheres sobre a importância do diagnóstico em estágio inicial. As queixas das pacientes, juntamente com a investigação do ginecologista, são fatores decisivos para a identificação da doença.

O diagnóstico se baseia nos pilares: histórico da paciente, exame físico, além de exames de imagem e videolaparoscopia, sendo este um procedimento capaz de diagnosticar e estadiar o grau da endometriose, assim como tratá-la cirurgicamente removendo focos  da doença. A indicação de tratamento, por sua vez, varia de acordo com o grau da doença, idade da paciente e seu desejo reprodutivo.

São sintomas da endometriose:

– Cólicas menstruais (dismenorreia) progressivas, que se intensificam com a evolução da doença

– Dor durante e após relação sexual com penetração (dispareunia)

– Dor ao urinar e evacuar

– Diarreia ou prisão de ventre

Dificuldade para engravidar

Fique atenta a estes sinais e compartilhe informações com amigas. “Quanto antes a endometriose for diagnosticada, melhores são os resultados do tratamento”, afirma a Dra. Ana Maria Morato Gagliardi, ginecologista da Scope. Não subestime a sua dor e consulte seu ginecologista regularmente.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua consulta online ou pelo telefone (11) 3849-1818.