Cirurgia robótica: como o sistema Da Vinci auxilia os cirurgiões

Cirurgia robótica: como o sistema Da Vinci auxilia os cirurgiões

A cirurgia robótica é a técnica mais moderna em procedimentos minimamente invasivos. Considerada a evolução da videolaparoscopia, a modalidade assistida por robô vem ganhando espaço no Brasil graças à chegada do sistema Da Vinci a hospitais de ponta.

Segundo a Dra. Ivani Pires de Andrade Kehdi, a inovação tem ajudado a tornar mais seguro o tratamento de casos ginecológicos complexos, como a endometriose profunda. “A plataforma robótica assegura alta precisão e está se consolidado como padrão de tratamento em várias especialidades médicas”, afirma a ginecologista da Scope, especialista em cirurgia laparoscópica robótica.

O que é a cirurgia robótica

O robô Da Vinci é um sistema cirúrgico composto por três unidades: um console onde fica o cirurgião, que opera com visualizador e comanda espécies de “joysticks”; uma torre de vídeo que une as informações do sistema; e o console do paciente, composto por quatro braços mecânicos articulados. Em um dos braços está acoplada uma câmera de vídeo de alta definição, e nos outros três há instrumentos cirúrgicos como pinça, tesoura e bisturi.

Apesar do nome “robô”, o sistema não faz nada sozinho. Os braços mecânicos respondem aos comandos do cirurgião, reproduzindo seus movimentos em tempo real. Com o auxílio da câmera 3D, o médico visualiza a área pélvica com mais definição e profundidade, alcançando estruturas de difícil acesso com precisão milimétrica. Além de movimentos em até 360 graus, os braços mecânicos apresentam alta estabilidade, eliminando eventuais tremores que a mão humana pode ter.

Vantagens da cirurgia robótica

Assim como a cirurgia por videolaparoscopia, a modalidade robótica é um procedimento minimamente invasivo que requer incisões mínimas, muito menores que as cirurgias abertas convencionais. Além de oferecer maior precisão, o procedimento provoca menos sangramento, reduzindo o risco de infecções e o tempo de internação. A recuperação da paciente também é mais rápida, com pós-operatório menos dolorido.

Recentemente, a equipe Scope realizou a 100ª cirurgia robótica do Vila Nova Star, mais novo hospital premium da rede D’Or São Luiz em São Paulo. Segundo a Dra. Ivani Pires de Andrade Kehdi, o procedimento foi um sucesso e a paciente, que teve alta médica em menos de 48 horas, está tendo uma recuperação rápida. “Alcançamos um excelente resultado graças ao trabalho em conjunto de uma equipe especializada e super preparada”, afirma.

A cirurgia robótica segue protocolos de segurança e é conduzida apenas por profissionais que passaram por treinamento específico. A indicação varia de acordo com o caso, e somente o especialista pode avaliar se a abordagem robótica é a melhor alternativa para a paciente.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua consulta online ou pelo telefone (11) 3849-1818.

Open chat