O que é doação de órgãos e como se tornar doadora

O que é doação de órgãos e como se tornar doadora

A doação de órgãos é uma atitude solidária que salva vidas. Para quem precisa de um transplante, a doação pode ser a chance de um recomeço ou a oportunidade de melhora da qualidade de vida. No Brasil, há mais de 33 mil pessoas na fila de espera por transplante e, entre 8 potenciais doadores, apenas 1 é notificado como doador de órgãos.

Como se tornar doadora de órgãos

A doação de órgãos no Brasil é um ato que deve ser oficialmente consentido pela família. Se você deseja ser uma doadora, deve comunicar aos seus familiares essa vontade, pois são pais, filhos e cônjuges que podem autorizar a doação. A legislação brasileira estabelece que a doação só pode acontecer após o diagnóstico de morte encefálica, que é a interrupção irreversível das funções cerebrais. Geralmente, a morte encefálica é resultado de traumatismo craniano ou de AVC.

O que é doação em vida

A doação em vida também é possível, mas apenas para cônjuges e parentes com compatibilidade sanguínea e desde que a retirada do órgão não comprometa as funções vitais do doador. Em caso de não parentes é necessário autorização judicial.

Quais órgãos podem ser doados

Um único doador pode ajudar mais de 20 pessoas, podendo doar coração, fígado, pulmão, rim e pâncreas. Além desses órgãos, também é possível doar córneas, medula óssea e tecidos como pele, cartilagem e tendão. Quando a doação é autorizada pela família, a Central de Transplantes é notificada e são realizados exames de compatibilidade entre doador e potenciais receptores. A retirada para transplante é feita em centro cirúrgico, por equipe médica credenciada pelo Ministério da Saúde e com treinamento específico para esse tipo de procedimento.

Quem são os receptores

Os receptores dos órgãos doados são adultos e crianças que necessitam de transplante. Estes pacientes fazem parte do Sistema de Lista Única, e a posição deles na lista é determinada com base em critérios como tempo de espera e urgência do procedimento. Em 2018, foram realizados 26.518 transplantes no Brasil. Para que as doações aconteçam, informação e diálogo são fundamentais nas famílias. Doe órgãos e salve vidas.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Agende a sua consulta online ou pelo telefone (11) 3849-1818.

Open chat