Candidíase, o que é?

A candidíase vaginal é uma infecção ocasionada por fungo, conhecida também como Monoliase Vaginal, causa um corrimento espesso e esbranquiçado que geralmente provoca irritação no local.

Não se pode afirmar que a candidíase é uma doença sexualmente transmissível, alguns estudos indicam que o fungo pode estar na flora vaginal. É comum a sua manifestação quando a resistência do organismo feminino cai, em algumas mulheres acontece à multiplicação do fungo e a manifestação dos sintomas como: corrimento esbranquiçado, coceira leve ou intensa, pequenos machucados na região vulvar e coloração avermelhada na vagina. Dados mostram que 75% das mulheres têm essa infecção ao menos uma vez na vida.

Para um diagnóstico correto é necessário um exame clínico e também um exame microscópico, sendo o mais comum o Papanicolau. O tratamento deve ser indicado pelo seu ginecologista, o mais provável é o uso de um antimicótico via oral e creme vaginal de uso tópico, não é recomendado seguir receitas caseiras de nenhum tipo.

Alguns cuidados podem evitar o aparecimento da candidíase de repetição (sua aparição recorrente pode ser causada por fatores não ginecológicos, baixa imunidade, estresse e má alimentação), vestuários muito apertados ou sintéticos devem ser evitados, também não é recomendado o uso de duchas vaginais nem a utilização de desodorantes íntimos e os biquínis e maiôs molhados no corpo por longas horas.

Importante também é levar uma vida saudável. Uma dieta pobre em açúcar e carboidrato e abundância no consumo de vitamina A e D além de dormir bem e levar uma vida sem estresse podem ajudar a se livrar desta indesejável companhia. Existem outras condições que podem provocar sintomas semelhantes ao da candidíase, por isso consulte sempre seu ginecologista.

Open chat