Dispareunia: dor na relação sexual pode indicar endometriose

Dor, muita dor, durante e após a relação sexual. Chamada tecnicamente de dispareunia, a dor na vagina durante a penetração é um dos principais sintomas da endometriose.

Normalmente, a dor começa como um incômodo, podendo ser mais intensa no período pré-menstrual. Com o passar do tempo, ela costuma se tornar mais severa e faz com que a mulher passe a evitar as relações sexuais com o parceiro. “É um desconforto que gera angústia, afeta a autoestima e muitas vezes compromete a vida afetiva da paciente”, alerta a Dra. Ivani Pires de Andrade Kehdi, ginecologista da Scope.

Além de dor e disfunção sexual, a endometriose também provoca dor pélvica e cólicas menstruais (dismenorreia) progressivas que, em casos graves, impedem as mulheres de realizar suas atividades diárias. A doença, que atinge de 5% a 15% das mulheres em idade reprodutiva, é uma reação inflamatória provocada por células do endométrio que, ao invés de serem expelidas com a menstruação, migram para a cavidade abdominal ou ovários. A progressão da inflamação causa lesões em órgãos do aparelho reprodutor feminino, prejudicando a fertilidade.

O tratamento da doença, quando diagnosticada logo no início, é medicamentoso, com anticoncepcionais ou DIU Mirena. Nos casos em que provoca nódulos retrouterinos e aderências, o tratamento indicado é cirúrgico, via videolaparoscopia, procedimento minimamente invasivo que retira as lesões e permite a rápida recuperação da paciente.

Sentir dor na relação sexual não é normal. Embora a dispareunia possa ter causas diversas, tanto físicas como psicológicas, ela é um alerta de que algo não vai bem. “Se acontece repetidamente, é preciso investigar”, diz a Dra. Ivani. Conheça o seu corpo, fique atenta aos sinais que ele emite e procure seu ginecologista em caso de dores ou cólicas. A endometriose tem tratamento e o diagnóstico em estágio inicial impede a evolução da doença e garante qualidade de vida às pacientes.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua consulta: (11) 3849-1818 ou visite nosso site.