Incontinência urinária: laser é opção de tratamento

Você sabia que laser pode ser uma opção de tratamento para incontinência urinária? Esta terapia, conhecida principalmente pelo uso dermatológico, também tem ajudado pacientes que sofrem com disfunções uroginecológicas.

A perda involuntária de urina afeta milhares de pessoas em todo o mundo. Está associada ao processo de envelhecimento, pois a perda do tônus muscular na região pélvica dificulta a retenção da urina. Além disso, é mais prevalecente em mulheres por causa da gestação, que aumenta a pressão sobre a bexiga, e da queda do estrogênio após a menopausa.

Os tipos de incontinência urinária são: de esforço, quando há perda de xixi ao tossir, rir ou levantar peso; de urgência (bexiga hiperativa), quando a vontade de urinar é súbita e não dá tempo de chegar ao banheiro; e mista, uma combinação dos dois tipos. “A indicação de tratamento varia de acordo com o tipo de incontinência e com a gravidade dos sintomas”, explica a Dra. Ana Maria Morato Gagliardi, ginecologista da Scope.

Como funciona o tratamento a laser

O laser é uma opção de tratamento nos casos leves e moderados de incontinência urinária de esforço. A aplicação do laser é intravaginal, feita com aparelho e ponteiras específicos. Visa estimular o colágeno contido nas paredes vaginais, promovendo o controle dos sintomas e a restauração funcional do tônus muscular em longo prazo.

As aplicações são guiadas por protocolos e conduzidas por ginecologistas em consultório especializado, já que o procedimento não requer internação hospitalar. O tempo de duração das sessões é de aproximadamente 15 minutos, sendo recomendadas até três, realizadas em intervalos mensais.

O procedimento costuma ser indolor para a maioria das pacientes, sendo os anestésicos tópicos utilizados para aumentar a sensação de conforto. Por se tratar de uma técnica minimamente invasiva, a paciente pode retornar às atividades de rotina logo após a aplicação. A principal recomendação é evitar relações sexuais por uma semana e não fazer esforço no período de recuperação.

Se você sofre perda de urina, procure seu médico e informe todos os sintomas. A incontinência urinária gera transtornos que muitas vezes distanciam as pessoas do convívio social. Felizmente, com o tratamento adequado é possível contornar o distúrbio e melhorar a qualidade de vida.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua consulta online ou pelo telefone (11) 3849-1818.