Laser é opção para tratamento da saúde íntima feminina

Laser é opção para tratamento da saúde íntima feminina

Muito tem se falado sobre cirurgia íntima feminina. Segundo pesquisa da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), 25.031 mulheres se submeteram a plásticas vaginais no país em 2016. Um dos procedimentos em voga é a ninfoplastia (ou labioplastia), que consiste na redução do tamanho dos pequenos lábios vaginais. Algumas disfunções ginecológicas, porém, não necessitam intervenção cirúrgica, podendo ser tratadas no consultório médico com terapias que utilizam o laser.

Considerado um procedimento minimamente invasivo, o tratamento com laser estimula a produção de colágeno na região íntima da mulher, restaurando a elasticidade, a espessura e a lubrificação da parede vaginal. De acordo com a Dra. Ana Maria Morato Gagliardi, ginecologista da Scope, o laser é indicado para tratamento de atrofia e ressecamento vaginal, além de incontinência urinária de grau leve. “São casos associados ou não à menopausa, que afetam a saúde da mulher e abalam sua sexualidade e autoestima”, afirma. Vale lembrar que, dependendo da indicação, o laser pode ser recomendado como complemento a tratamentos cirúrgicos ou ser associado a outros medicamentos, como cremes hormonais.

A aplicação é feita por ginecologistas e não requer internação hospitalar. A paciente e o operador do aparelho usam óculos de proteção durante a emissão do laser, que conta com ponteira específica e é totalmente controlado pelo especialista. Cada sessão dura em torno de 15 minutos e o número total de sessões varia de 1 a 3, dependendo do caso e da indicação de tratamento. Conforme a conduta clínica do médico, anestésicos tópicos podem ser usados para aumentar a sensação de conforto da paciente.

Indolor para a maioria das mulheres, o tratamento com laser intravaginal é seguro e apresenta baixa incidência de complicações. Por se tratar de um procedimento pouco invasivo, permite à paciente retomar as atividades de rotina logo após a aplicação. A principal recomendação é evitar relações sexuais por uma semana.

Além dos procedimentos focados no rejuvenescimento da mucosa vaginal, o laser também tem aplicação estética, podendo ser usado para o clareamento dos pequenos e grandes lábios. Em todos os casos, a paciente deve passar por uma avaliação médica.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua consulta: (11) 3849-1818 ou visite nosso site.

Open chat