Torção ovariana: complicação do cisto requer tratamento cirúrgico por videolaparoscopia

Torção ovariana: tratamento requer cirurgia por videolaparoscopia

Nem todos os cistos no ovário são motivo para preocupação, pois na maior parte desaparecem espontaneamente. Em alguns casos, porém, podem crescer e até mesmo causar o deslocamento e torção do ovário, prejudicando o fluxo sanguíneo e provocando a necrose do órgão. Essa complicação é rara, mas bastante grave. Se a torção ovariana não for tratada rapidamente, pode resultar na perda do ovário.

O cisto ovariano torcido vem sempre acompanhado por dores intensas na região abdominal, além de náuseas e vômito. Pode ocorrer em mulheres de qualquer idade, sendo mais frequente na fase reprodutiva. A causa geralmente está associada à presença de alguns tipos de cisto.

Também são mais propensas a desenvolverem o problema mulheres com Síndrome do Ovário Policístico (SOP), que foram submetidas a laqueadura ou fazem tratamento hormonal para fertilidade.

Tratamento cirúrgico por videolaparoscopia

O tratamento do cisto ovariano torcido é sempre cirúrgico. A videolaparoscopia é o método preferencial, por se tratar de um procedimento minimamente invasivo. Por meio de pequenas incisões no abdome, o médico especialista introduz os instrumentos cirúrgicos que permitem visualizar e retirar o tecido comprometido. “Em caso de necessidade de retirada do ovário, vale lembrar que o outro ovário saudável ainda possibilita a gravidez”, explica a Dra. Ana Maria Morato Gagliardi, ginecologista da Scope.

A videolaparoscopia cirúrgica é realizada em ambiente hospitalar e requer anestesia geral. Por ser realizada através de pequenos cortes, provoca menos sangramento e gera menor risco de infecção que cirurgias convencionais abertas. A recuperação no pós-operatório também é mais rápida e o período de internação, mais curto.

Dores abdominais, sangramentos e cólicas merecem atenção. É importante ficar atenta aos sinais emitidos pelo corpo e procurar o ginecologista quando algo parece fora do normal. “O cisto ovariano torcido exige tratamento. Quanto antes houver o diagnóstico, menor o risco de complicações”, afirma a Dra. Ana Maria.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua consulta: (11) 3849-1818 ou visite nosso site.

Open chat