Endometriose: como a doença é diagnosticada?

Endometriose: como a doença é diagnosticada?

A endometriose é uma doença crônica que pode comprometer a qualidade de vida das
mulheres. Porém, o diagnóstico e controle em estágio inicial abreviam o sofrimento e
impedem a progressão da doença – que, se não tratada, pode provocar infertilidade e
até afetar o funcionamento de órgãos como bexiga e intestino.

O ponto de partida para o diagnóstico é a avaliação da paciente, com atenção para o
histórico e fatores de risco. Diante do relato de cólicas intensas e progressivas, dor na
relação sexual e dificuldade para engravidar, o ginecologista liga o sinal de alerta e, por
meio de exames físicos, verifica a presença de alterações anatômicas e lesões causadas
pela doença.

Em seguida são solicitados exames de imagem especializados, como ultrassonografia
transvaginal com preparo intestinal, ressonância magnética e outros. “Os exames de
imagem ajudam a confirmar a suspeita e, em muitos casos, são suficientes para o início
da terapia medicamentosa e acompanhamento evolutivo, sempre feitos de modo
individualizado”, afirma a Dra. Ivani Pires de Andrade Kehdi, ginecologista da Scope.

Segundo ela, os achados dos exames também contribuem para fundamentar uma
decisão pelo tratamento cirúrgico, que leva em conta a localização e o grau de
desenvolvimento da doença, a idade da paciente e seu desejo reprodutivo.

Há casos, contudo, em que a investigação da endometriose deve ser ainda mais
aprofundada, sendo indicada a videolaparoscopia com biópsia. “O procedimento
permite diagnosticar e estadiar o grau da endometriose e, na mesma abordagem,
tratar cirurgicamente as lesões existentes”, explica a Dra. Ivani.

A videolaparoscopia é uma técnica minimamente invasiva realizada em ambiente
hospitalar. Por meio de pequenas incisões no abdômen da paciente são inseridas
delicadas pinças e uma ótica conectada a uma microcâmera. Com estes instrumentos, o cirurgião especialista em técnica minimamente invasiva poderá inspecionar as áreas
afetadas e remover os focos da doença, sem a abertura da parede abdominal. A
indicação do procedimento depende de criteriosa avaliação médica.

Em caso de cólicas intensas, dificuldade para engravidar e dor na relação sexual,
consulte uma clínica especializada, como a Scope. A avaliação clínica feita por nossos
especialistas é o primeiro passo para a detecção da endometriose em estágio inicial.
Quanto antes a doença for diagnosticada, melhores serão os resultados do
tratamento, assim como, a qualidade de vida da paciente.

A Scope atua no diagnóstico e tratamento de patologias ginecológicas através de
técnicas modernas e minimamente invasivas. Entre em contato e agende a sua
consulta online ou pelo telefone (11) 3849-1818.

Open chat